Como falar de arte com as crianças

como falar de arte com as crianças

Esse livro, que é muito gostoso de ler, trata de como apresentar artes visuais para que as crianças criem um vínculo afetivo com elas.

A autora, Françoise Barbe Gall confidencia logo na primeira página:

“Assim como no caso da leitura, o interesse das crianças pela arte e, em especial, pela pintura não tem nada de automático. Às vezes pouca coisa basta para fazê-lo nascer, e pouca coisa pode destruí-lo….”.

Algumas dicas do livro para aproximar as crianças das artes visuais:

  • Abandonar a mania de dizer que é preciso conhecer tal museu ou que uma obra é  fundamental porque isso não faz o menor sentido para a criança e não vai despertar o seu interesse.
  • Resgatar experiências positivas relacionadas com arte: uma cor, uma exposição, uma escultura, a reprodução de uma pintura em um jornal ou livro ou qualquer lembrança positiva que se possa compartilhar com a criança usando as palavras do vocabulário dela, do dia a dia.
  • Deixar a criança fazer suas próprias escolhas e começar por onde quiser.

Depois de ler Pilar na Grécia, o Vico começou a se interessar por mitologia e uma das suas principais curiosidades ao visitar alguns museus quando viajamos eram as esculturas e as pinturas dos personagens mitológicos.

O nascimento de Vênus

O nascimento de Vênus, Boticelli

O segredo das visitas bem-sucedidas aos museus:

  • A primeira recomendação da autora: Banir as visitas aos museus em dias de chuva. Por que? Porque museu não deve ser o programa pra quando não tem nada melhor pra fazer. Além disso, as impressões do lugar serão associadas a guarda-chuvas, capas molhadas e uma atmosfera cinzenta que, normalmente,  não agrega encantamento para as crianças.
  • Não querer ver tudo no museu. Ficar tempo demais pode ser cansativo para os pequenos e, além disso, eles podem querer passar mais tempo em algum espaço e até  criar preferências.

“O quadro queridinho servirá de passaporte para todos os outros… Com a sua ajuda, a criança perceberá pouco a pouco que é possível ver e rever o mesmo quadro descobrindo cada vez novos aspectos.”

  • Parar para fazer um lanchinho na cafeteria. É como comprar a pipoca no cinema.
  • Comprar cartões postais depois da visita para as crianças usarem como marcadores de livros, guardarem junto com objetos queridos e se familiarizarem com as imagens.

Além dessas e várias outras dicas, Barbe Gall separa o que agrada as crianças conforme a maturidade. Por exemplo:

Dos 5 aos 7 anos

  • Detalhes mínimos, que são o que eles percebem em primeiro lugar
  • A tradução clara das emoções, como o riso, o choro, a surpresa
  • Movimentos e atitudes (o personagem corre, dorme, cai, dança…)
  • Cores vivas e quentes, principalmente o vermelho

Dos 8 as 10 anos

  • Heróis
  • O que faz rir
  • O que provoca medo
  • Saber como são feitas as obras pintadas e esculpidas

Dos 11 aos 13 anos

  • A personalidade de determinado artista e o que marcou a sua obra
  • As imagens publicitárias que se inspiram em obras de artista e podem ser identificadas pelos adolescentes
  • A comparação entre as obras de artistas diferentes que tratam do mesmo tema
  • Quanto tempo demorou para ser feita e quanto custa uma obra

Ao longo do livro, em formato de perguntas e respostas, a autora ensina para os adultos e para as crianças e adolescentes vários aspectos das obras de arte e de algumas pinturas famosas, como a Vênus aí de cima.

Pra terminar o post, gostaria de recomendar a visita ao portal de museus brasileiros, que eu acompanho no Instagram e dá as notícias do que está em exibição aqui no Rio e por todo o Brasil. Nosso museu preferido é o CCBB!

Beijos e aproveitem o fim de semana!

 

Anúncios

8 comentários sobre “Como falar de arte com as crianças

Deixe uma resposta para Frasco de Memórias Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s