Juventude Conectada

juventude conectada

Já ouvi de várias vozes diferentes que temos “escolas do século XIX, com professores do século XX para alunos do século XXI”.

Outra frase que é bastante popular e que também cabe aqui neste post é: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. Dizem que a autoria dessa frase é de Einstein. Mesmo que não seja verdade, acho que ela ajuda a entender porque a escola do século XIX continua em crise desde o século XX.

O episódio Educação do programa Juventude Conectada, que assisti no canal Curta! traz algumas ideias para encontrar resultados diferentes para a escola do século XXI:

  • Personalização do estudo por Plataformas que se tornam íntimas da forma de aprender e das dificuldades de cada aluno
  • Dimensão Autoral e Dialógica da Aprendizagem
  • Formação para o Autoconhecimento e Florescimento Humano
  • Aprendizagem Perene e Significativa
  • Reconhecimento da importância das Relações para o Conhecimento
  • Criação de Espaços de Aprendizagem menos Sufocantes do que os da Escola Tradicional

Além de comentarem essas ideias, profissionais de várias áreas, bem como os fundadores da Plataforma Geekie e da Plataforma Cinese, que qualquer pessoa pode acessar, apresentam suas propostas para o ensino não apenas nas escolas, mas também por toda a vida.

Quem quiser assistir ao programa de 26 minutos – Juventude Conectada – que eu tive a sorte de encontrar, zapeando na televisão, pode ver o episódio aqui.

Anúncios

14 comentários sobre “Juventude Conectada

  1. Poxa, Mariana, com certeza vou assistir. As dimensões autoral e dialógica são de suma importância. Quando os podem escolher o que querem aprender, dentre uma gama de opções, e optar pelos instrumentos que os auxiliarão na tarefa, é uma coisa de outro mundo. Ou melhor, de fato só século XXI.

    Eu pude atestar isso conversando com a equipe de professores, pais e alunos da Escola da Ponte. Fiz isso no curso online, Fazer a Ponte, no ano passado. Foi sensacional!

    Mas acho que eles poderiam ter mostrado mais a relação entre aprendizagem e tecnologia.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s