Queridos Crimes Perfeitos

dinheiro

Já postei aqui no blog sobre a ciência por trás da nossa estranha torcida por bandidos no cinema.

Ainda assim nos espantamos quando vivemos novamente esse desejo de que tudo corra bem para o criminoso.

Somos levados por um bom roteiro e interpretações cativantes e bem dirigidas a abandonar a razão e apenas seguir a emoção.

O seriado La Casa de Papel, que terminamos de assistir aqui em casa, explora o amor pelo crime perfeito até a última gota:

  • Algumas mocinhas se apaixonam pelos bandidos
  • A torcida popular não se sente representada pela Polícia espanhola e apoia o assalto à Casa da Moeda
  • Nós, do outro lado da tela, também torcemos pelos vilões, mesmo enxergando seus defeitos (instabilidade emocional, ganância e até falta de empatia!).

Pra quem já assistiu a série peço comentários e para quem não viu ainda recomendo. Mesmo com algumas situações pouco verossímeis, e certos momentos de encheção de linguiça, é muito divertida e extremamente viciante.

Nessa mesma linha da torcida pelo bandido, recomendo também outros filmes que a família amou:

As oito vítimas

Assistimos ano passado a essa comédia britânica de humor negro, de 1949. O filme todo é ótimo, mas o desfecho, quando você acredita que já aconteceu tudo o que precisava acontecer, é ainda melhor.

Alec Guiness interpreta as oito vítimas. Dennis Price é o assassino frio pelo qual ficamos na torcida para que consiga se livrar dos oito parentes que o afastam de um título de nobreza e da fortuna que o acompanha.

Imperdível!

O corte 

Esse filme de 2005, do diretor grego Costa Gravas, mostra a jornada de um engenheiro, casado, com filhos, que se vê encurralado pelo desemprego e os males decorrentes dessa situação e, que, apesar de sofrer com seus dilemas morais, decide, literalmente, eliminar a concorrência.

O filme é uma crítica ao mundo corporativo e ao capitalismo selvagem que nos torna primatas novamente, como na música dos Titãs.

O Ludo assistiu comigo, com o padrasto e os avós há alguns anos e outro dia estava comentando sobre esse filme. Foi marcante pra ele. Deve ter sido a primeira vez que ele sentiu a estranheza de torcer pelo bandido.

Espero que tenham gostado das sugestões!

Bom Fim de Semana!!!

 

Anúncios

14 comentários sobre “Queridos Crimes Perfeitos

  1. Eu vi a maior parte, com algumas partes vendo “de soslaio”. Minha patroa é que gostou imenso. Eu gostei, mas não o suficiente para impedir-me de fazer outras coisas enquanto passava. Gosto sobretudo da inteligência do “Professor”… Que plano mais detalhado…
    Sobre torcer pelo bandido… A verdade é que o “bandido” pelo qual torcemos é reprensetado no cinema, em geral, como um rebelde contra o sistema. E nós nos identificamos com ele, com a diferença de que ele tem coragem para fazer algo, enquanto nós, bem, nós continuamos nossa vida 😉 rs
    Beijinhos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para O Miau do Leão Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s