Com que corpo eu vou?

Roda do JB

MOVIMENTO BODY POSITIVITY

Body Positivity não é apenas se amar. É se respeitar.”

(Urban Dictionary Top Definition)

Dicas de como ter uma imagem corporal positiva”

  • Reveja quem anda com você: … amizades tóxicas, relacionamentos abusivos … pessoas que apenas nos colocam pra baixo, não nos incentivam…
  • Pare de se comparar:… Não enxergue as outras mulheres como rivais. É uma visão machista e … só vai te fazer mal.
  • Comece a ter referências de corpos reais: … Quando você se vê representada tudo muda e seu olhar do que é BONITO também.

Tenha paciência com você e com os outros: quem está passando pelo processo body positive é você, não os outros…

(Alexandra Gurgel – Ativista Body Positive)

Garfield e o espelho

MOVIMENTO BODY NEUTRALITY

A ideia da neutralidade corporal é enxergar o corpo como um veículo que, quando cuidado com carinho, vai te ajudar a se deslocar pelo mundo e te trazer alegria. É isso. Sem ficar pensando na aparência.

Resumindo, a neutralidade corporal se baseia em reconhecer o que seu corpo faz, não o que ele aparenta. Seu corpo permite que você se exercite, viaje o mundo e conheça novas culturas. Seu corpo permite andar de mãos dadas e abraçar. Seu corpo te leva de A a B.

(Body Neutrality – O movimento que não está nem aí para a aparência do seu corpo)

cactos redondos

“Prezado Sr Oliver
Estamos escrevendo esta carta para você em nome de um grupo de nutricionistas que se preocupam com sua mais recente campanha para influenciar a política de obesidade infantil. Ao falar de “guerra contra a obesidade”… acreditamos que você possa estar contribuindo para a estigmatização da aparência das crianças…”

palmeiras JB

Embora não seja sua intenção, as campanhas contra a obesidade ( inclusive a infantil) contribuem para o estigma do peso, o bullying etc, pois deveriam focar na saúde e não nas medidas.

CR JB

As imagens deste post, que pretendem mostrar a pluralidade das formas e cores da natureza, foram tiradas no domingo passado, aniversário do Vico. Ele pediu, entre outras atividades, pra se reunir com os amigos em Petrópolis e no Rio, na casa dos avós e no Jardim Botânico.

Boa Semana!!!

Anúncios

18 comentários sobre “Com que corpo eu vou?

  1. Só hj pude ver o post e como veio a calhar bem na minha situação.
    No início do próximo ano já tenho cirurgia marcada para corrigir algo no meu corpo que sempre quis. Resolvi tomar coragem de ir para minha quarta cirurgia na vida, mas não apenas por estética, por questão de saúde mesmo.

    Curtir

  2. Nem sei o que dizer desse post, só que me ajudou muito. Estou numa batalha com a obesidade infantil aqui em casa. E não é por questões estéticas, mas sim de saúde. Essa mudança e a saudade mexeu demais com as cabeças por aqui. Sabe a principal luta, que tudo o que é industrializado é prático, barato e de grande aderência nos meios sociais. Convencer uma criança para não ficar nesse modismo é barra… Mas para isso existem as mães, rsrs, e campanhas como essa.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigada por comentar, querida. Aqui, de uns 3 anos pra cá a gordinha da casa sou eu. Passei por muita tensão e descontei nos doces mesmo. O Ludo também engordou esse ano, mas já voltou a fazer atividade física. O Vico é mais agitado e muito vaidoso, mas é enjoado pra comer. Eu também não sou de cozinhar, mas comecei a fazer arroz com feijão pra eles de noite😁Alimenta mais do que lanchinho, que era o nosso hábito noturno. Ainda vou levar os 2 na nutricionista esse mês pra ver se conseguimos melhorar a alimentação. Depois eu compartilho as recomendações😉Vamos trocando ideias. Acho importante essa conversa🌷Beijo!

      Curtir

      1. Acho que você vai gostar do documentário, esse setor alimentar anda tão confuso que paramos de escutar o que nosso próprio corpo precisa. Provavelmente não vou voltar ser magra como antes das crianças, nem tenho essa pretensão. Mas, é bem duro ver um filho na obesidade, as outras crianças tirando sarro, a resistência física baixa. Como medidas, tirei eles de comer a refeição da escola; quando surge um sol vamos para as praças, lá eles se resolvem correndo sempre, rsrs; coloquei na cozinha e no mercado comigo, para se familiarizar com as cores, sabores e aromas; montamos pratos coloridos e com formas. É um trabalho danado, mas aí se percebe que antes gastava tempo com coisas desnecessárias, e que agora tá plantando sementinhas. E vamos que vamos. Beijão e vamos nos falando sim.

        Curtir

      2. Com certeza, a gente quer é ver os filhos felizes e a felicidade deles está bastante ligada a sentir bem com os pares (dentro dos limites que respeitam a saúde deles). Você está de parabéns! Muito parque e muita criatividade na cozinha pra sua família😊💕😘

        Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Bia Ribeiro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s