Fórmulas das Bruxas

folha de coca

(Diário de Pilar em Machu Pichu, Flávia Lins e Silva e Joana Penna)

………………………………………………………………………………………………………………………..

“Era um homem estranho. Um dia, procurando talvez impressionar-me, tirou do bolso um pedaço de uma matéria escura e mostrou-me, dizendo:

-Sabe o que é isso?

-Não.

-É curare. Sabe o que é curare?

Respondi que já lera algo a respeito.

-Interessante. Muito interessante. Tomado pela boca é totalmente inofensivo. Se entrar, porém, na circulação sanguínea paralisa e mata. É o que certas tribos usam para envenenar as setas. Sabe por que trago isso no meu bolso?

-Não. Não faço a menor ideia. Parecia-me uma bobagem total carregar curare no bolso, mas isso eu não acrescentei.

-Pois bem, vou dizer-lhe, continuou ele, pensativamente, é porque me faz sentir poderoso.”

(A Rainha do Crime – Agatha Christie: Autobiografia I)

…………………………………………………………………………………………………………………..

glândulas venenosas

(Ciências 7 – Arariba Plus – Editora Moderna, 4ª edição)

………………………………………………………………………………………………………………

A DIFERENÇA ENTRE O REMÉDIO E O VENENO ESTÁ NA DOSE

Alguns alimentos, que consumimos no dia a dia, em grande quantidade, mal escolhidos ou mal lavados, podem nos intoxicar.

  • Cogumelos (no meio dos comestíveis disfarçam-se os alucinógenos e os venenosos)
  • Das sementes da Maçã pequenas porções de cianeto (também conhecido como cianureto)
  • 10 gramas de Noz Moscada alucinam
  • O caule e as folhas do Tomate causam transtornos nos sistemas nervoso e digestivo
  • Folhas e raízes de Mandioca liberam o venenoso cianeto de hidrogênio, quando mal processados

…………………………………………………………………………………………………………

tres bruxas e macbeth

Macbeth e as Três Bruxas (pintura do século XIX)

Cobra de terra encharcada, no caldeirão cozinhada; pó de sapo e de girino, lã de morcego e latido de cão

Macbeth, Ato IV, Cena I

……………………………………………………………………………………………………

QUEM TEM SEDE DEMAIS NÃO ESCOLHE A ÁGUA QUE BEBE

Coca Cola

Anúncios