Parabéns Mãe!

O post deste 19 de outubro é pra minha mãe, que recebia cartinhas nesta data tempos atrás, quando eu nem imaginava que também nos comunicaríamos pela internet ou que um dia eu lhe dedicaria uma poesia por meio de um blog em que revelo minhas ideias, sonhos, cotidiano e meus amores.

quadro mãe

Quando eu era criança queria ser da sua idade

Sonhava em ter o cabelo liso e negro como o dela

Cheirava o perfume pra matar a saudade

Ansiava pelo fim da tarde na janela

 

Depois do jantar, mesmo cansada,

Iluminava minha noite com dengos e carinho

Entrava comigo na casinha de bonecas

Cantava “Terezinha de Jesus” bem baixinho

 

Assistente social, incansável, por formação

Médica, psicóloga e cientista da casa

Artista plástica com talento e vocação

Minha musa, amiga, parceira e mãe amada

Parabéns pelo dia de hoje!

Celebremos o passado e os dias felizes que virão

Mamãe e Eu

As imagens deste post foram tiradas da minha sala: são de um quadro da minha mãe (premiado em um concurso no Jardim Botânico) e de uma foto nossa no Pão de Açúcar!

Anúncios

Conselhos no Aniversário do Ludo

conselho

Quem tem filho adolescente ou se lembra dessa fase da vida sabe que nem sempre é fácil o convívio em casa.

Hoje o Ludo está fazendo 15 anos e está de castigo, infelizmente.

Fiz uma poesia pra ele em forma de conselhos que começam com negativas, que ele precisa ouvir e aceitar.

Amo muito meu filho e amar também é educar e passar por momentos difíceis, aconselhar, dar bronca, tirar a internet etc.

Só não pode haver violência física ou moral, sob hipótese alguma dentro da família!

Amor, respeito e limites são fundamentais e educar dá um trabalho danado!

Não É

Não é porque você está mais velho que pode sair quando quer

Não é por convencer um que você vai comandar o mundo inteiro

Não é pelo seu cansaço que a vida pode andar em marcha ré

Não é porque o gosto é ruim que pode praguejar o cozinheiro

Não é o fato dos outros serem foscos que lhe trará o próprio brilho

Não é o seu erro que dirá quem você é

Não é procurando os culpados que sua vida entrará nos trilhos

Não é o castigo ou a bronca que pesa, mas o que se constrói com amor e fé

Não é feliz aquele que consegue tudo

Não é por você ouvir Não que eu não Te Ame e não deseje Feliz Aniversário Ludo

Doze Anos do Vico!

pintinhos

Pingo e Pollito eram alguns dos vários apelidos que eu inventava para o meu caçula magrinho e valentão nos primeiros anos de vida.

Amor Incondicional vai ser sempre meu presente de aniversário, Natal, Dia de Iemanjá, Dia da Árvore e todos os instantes que fizerem parte dos Calendários.

Raiva é o que às vezes você sente e ainda vai sentir de mim e da vida ao ouvir Não. Meus Nãos são Sim para sua Saúde, sua Autonomia, sua Segurança e sua Felicidade. Sua raiva será sempre passageira.

Amor Incondicional também é o presente que seu irmão te dá desde 19 de agosto de 2005. Suspeito que ele vai manter essa tradição a vida toda.

Bravura ainda é uma das suas qualidades mais evidentes, meu pequeno leão.

Estrelas e planetas foram suas primeiras curiosidades pregadas no teto, na parede, na imaginação e saíam em forma de perguntas sobre o que estamos fazendo no Universo.

Ninguém alcançava a velocidade da luz da sua corrida quando você juntava os bracinhos pra trás e se lançava como o Flecha, dos Incríveis.

Sabetudo: Hoje você se surpreende que eu ainda saiba algumas coisas. Do alto de seus 12 anos e com acesso à Internet ninguém pode ser mais sabido. Com 12 anos eu também sabia tudo.

Vico é seu nome apenas na Certidão de Nascimento do Blog Ludo e Vico.

Impossível é uma palavra que se esconde de você, meu bravo guerreiro.

Como uma onda foi a música que mais cantei pra você dormir balançando na rede ou sentada ao seu lado na cama.

Orgulho é o que nós que te amamos e participamos da sua vida sentimos de você!

Parabéns Vico!

Feliz Aniversário!

Beijos Mamãe

leao