Diário de um Banana em um dia

Aos 8 anos Ludo era um leitor voraz de todas as revistinhas da Mônica até o dia em que conheceu a coleção Diário de um Banana. Ele ficou tão entusiasmado que devorou em um dia o primeiro livro da coleção.

diarios-ludo-e-vico-3

Durante dois anos Ludo leu todos os volumes:

  • Um romance em quadrinhos
  • Rodrick é o cara
  • Dias de cão
  • A verdade nua e crua
  • Casa dos horrores
  • Segurando vela
  • Maré de azar
  • Faça você mesmo
  • O livro do filme

O livro “Faça você mesmo”tem atividades para os leitores preencherem, escrevendo no próprio livro, em vez das histórias do personagem Greg.

O personagem tem uma família amorosa e imperfeita, um melhor amigo muito ingênuo, sonha em namorar com a menina mais bonita da escola, comete trapalhadas e faz o leitor se reconhecer e rir das pequenas tragédias da infância.

colecao-diario-de-um-banana

Certamente, o que fisgou o Ludo para querer ler todos os 10 livros foi o humor, nos textos e nas ilustrações de Jeff Kinney.

O autor e ilustrados americano narra, de um jeito cômico, o cotidiano e os pensamentos do menino Greg, que deviam estar em sintonia com as ideias do Ludo e de muitos outros meninos de 8, 9 e 10 anos.

 

Anúncios

Diários de Pilar

Todas as crianças podem gostar de ler, inclusive as que são vidradas em jogos eletrônicos.

Aos 9 anos, o Vico só queria saber de jogar Minecraft no computador até o dia em que descobriu a coleção de livros Diário de Pilar. Ele continuou jogando muito Minecraft, mas também  passou a gostar de ler!

Normalmente, nós fazíamos uma leitura compartilhada, sendo que, algumas vezes, era tanta curiosidade pra saber o que ia acontecer nas histórias, que ele lia sozinho.

diarios-ludo-e-vico-2

Hoje, a coleção completa tem 5 livros:

  • Diário de Pilar na Grécia
  • Diário de Pilar no Egito
  • Diário de Pilar em Machu Pichu
  • Diário de Pilar na Amazônia
  • Diário de Pilar na África

A autora, Flavia Lins e Silva, é bastante popular entre as crianças. Ela escreveu, além de outros trabalhos para o público infantil, a série de televisão Detetives do Prédio Azul.

A ilustradora Joana Penna fez desenhos cheios de detalhes para acrescentar informações aos diários da Pilar. São lindos.

Em todas as aventuras estão presentes certos ingredientes irresistíveis para as crianças e os adultos que compartilham essa leitura.

  • Mitologia de vários povos do mundo
  • Descrição deliciosa dos lugares visitados pela Pilar
  • Gostinho de quero mais no final de cada capítulo

diario-de-pilar-ilustracoes

Além das peripécias da personagem, Pilar leva temas delicados para seus leitores refletirem e se emocionarem. Sem querer fazer spoiler vou revelar alguns: Pilar não conhece o pai dela, seu avô querido já está ficando muito velhinho e sua mãe vai arrumar um namorado.

Para saber mais sobre a coleção Diário de Pilar e os outros trabalhos da autora é só acessar o site dela, que inclusive tem fotos da boneca Pilar nos lugares onde as aventuras aconteceram: http://www.flavialinsesilva.com.br.