Fôrma e Forma

matrioskas loiras

As duas faces de Eva

A expressão “piriguete” surgiu na periferia de Salvador e foi parar no funk carioca. Ela é fruto da junção das palavras “perigosa” e “girl“, mais o acoplamento final “ete” para soar melhor…

No dicionário Aurélio Escolar significa moça ou mulher namoradeira.

“Embora a piriguete denote perigo, ela é dotada de uma dimensão de poder, de não submissão e de liberdade, principalmente sexual. A piriguete é entendida como uma mulher com modos heterodoxos de vestir, de agir e de expressar sua sexualidade”…

“Entretanto, ao mesmo tempo em que as piriguetes são um perigo e podem subverter a dominação masculina, elas podem também, a partir da sua forma de agir, reforçar algumas normas de gênero referentes à dominação masculina, e, assim, fortalecer essas normas e preconceitos contra elas mesmas”.

matrioskas morenas e loiras

“Tudo o que você quer ser”

Durante 56 anos a boneca Barbie teve 180 profissões, mas um único tipo de corpo. Se esse corpo fosse de uma mulher, ela teria 45 cm de cintura, 91 cm de busto e 83 cm de quadril.

Em 2016, a boneca loira de formas irreais, que influenciou gerações, passou a ser fabricada com 4 tipos de corpo, 7 tons de pele, 22 cores de olhos e 24 tipos de cabelo.

Saias e vestidos

Encaixar na Fôrma

“Como afirmou o sociólogo francês Marcel Mauss, é por meio da “imitação prestigiosa” que os indivíduos de cada cultura constroem seus corpos e comportamentos.

O conjunto de hábitos, costumes, crenças e tradições que caracterizam uma cultura também se refere ao corpo…

Esse corpo, que pode variar de acordo com o contexto histórico e cultural, é adquirido pelos membros da sociedade por meio da “imitação prestigiosa”. Os indivíduos imitam atos, comportamentos e corpos que obtiveram êxito e que tem prestígio em sua cultura.”

roda o tempo

Formas mais Felizes

  • Não têm vergonha do próprio corpo
  • Não mendigam amor, atenção e reconhecimento
  • Não se acham o centro do mundo
  • Não deixam para amanhã o que podem resolver hoje
  • Não têm medo de dizer Não

Para quem quiser encontrar os textos e se aprofundar:

LARANJEIRA, Larissa Quillinan Machado.Piriguete: A garota fálica mascarada; O rótulo como máscara, maquiagem ou armadura de um comportamento sexual mais ativo ou considerado típico do masculino. Revista Sociologia. Editora Escala, Edição 67, pp. 44-51.

GOLDENBERG, Mirian. Homem não chora. Mulher não ri. 80 ideias para entender melhor sexo, amor e felicidade. 1 ed. Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, 2013.

*Ilustrações (alteradas com o aplicativo Prisma):

Christa e Adam Hook: livro “The People Atlas”, autor Philip Steele, Editora Oxford.

Julie Paschkis: livro “Tarot”, autor Dennis Fairchild, Running Press.

O corpo feminino

frutas

Hoje, dia 08 de março, compartilho uma frase da escritora feminista Naomi Wolf que achei muito oportuna para nós mulheres refletirmos sobre as escolhas que fazemos na busca da felicidade e sobre a mensagem que transmitimos às próximas gerações.

“Uma fixação cultural na magreza feminina não é uma obsessão pela beleza feminina, mas uma obsessão pela obediência feminina.”

Escrevi um pequeno poema pra ilustrar essa frase.

Cintura de vespa da princesa

Salto agulha das agruras

Pés de lótus da chinesa

Quem aplaude tais feiuras?

A mesma ordem que plastifica a natureza

 

Cabelos brancos, pelos castanhos

Dobras que fazem cócegas sem esforços estranhos

Sorriso de quem sempre ama o corpo que habita

Toda vida é bonita

 

Feliz dia das mulheres!