Natal lá e cá

Natal em Petrópolis

Hoje, 24 de dezembro de 2017, estamos concluindo nossa mudança de cidade (do Rio de Janeiro para Petrópolis).

Cá, onde nasci e nasceram meus filhos, meu marido e meu pai, a vida é corrida, iluminada, tensa, espalhafatosa, suada, verde, azul e amarela, barulhenta, salgada, burguesa e maravilhosa.

Lá, onde está nascendo uma nova realidade para nossa família, a vida está sem pressa, impera o rosa, sons da mata são novidade pra mim, os postes acendem art nouveau, doçura e timidez exalam jasmim, a tradição pode ser fria, mas nos dá bom dia e acolhe calorosamente, sem precisar de holofotes para brilhar no coração da gente.

Cristo

Feliz natal a todos! Paz, Amor, Saúde e Esperança!

Parque do Martelo

O post de hoje é uma dica pouco conhecida pelos próprios cariocas. Um lugar cercado de natureza e seguro para levar as crianças chamado Parque do Martelo.

portao parque do martelo

Onde fica: No bairro Humaitá (no limite com os bairros Lagoa, Jardim Botânico e Botafogo), no Rio de Janeiro. O acesso se dá pela Rua Miguel Pereira, 41.

Quem cuida: É administrado e mantido pela Associação de Moradores do Alto Humaitá (AMAH).

caminho parque do martelo

História do parque: O local já foi ocupado por uma pequena favela, nos anos 1950 e 1960, e seria transformado em um conjunto habitacional enorme nos anos 1980, quando a associação de moradores esbravejou e conquistou na justiça o direito à área verde para manter o sossego da região. O terreno de 16 mil m² ficou fechado pela prefeitura até 2005, quando finalmente foi ocupado pela AMAH e batizado de Parque do Martelo.

mata parque do martelo

O que encontrei por lá: Horta comunitária, compostagem, apiário, oficinas de técnicas de construções sustentáveis, parquinho, chuveirão, duas trilhas – que não me aventurei a desbravar, ainda: a primeira tinha uma subida muito íngreme e estava interditada e a segunda tinha cobra, segundo um senhor que me desaconselhou a continuar a caminhada. Eu já ouvi falar que a vista de cima das trilhas é linda, mas fica pra outra vez, quem sabe…

casa arvore parque do martelo

Adorei essa casinha com telhado verde!!!

O que fiquei sabendo: Aceita festas de aniversários e piqueniques, com agendamento. Recebe uma feira de produtos orgânicos toda quinta, de 7:30 às 11:30. Já aconteceram festas juninas e feiras de artesanato dentro do parque.

Horário de visitação: De segunda a sexta das 8h às 12h e das 13h às 16h; sábados, das 8h às 13h e domingos das 9h às 13h.

casa do parque do martelo

O Parque do Martelo está no Facebook, pra quem quiser curtir e acompanhar as programações!

Espero que entre na lista dos residentes e dos visitantes da cidade maravilhosa.

Beijos e bom final de domingo!