A inteligência do Facebook

panda

Fiquei muitos anos sem participar de redes sociais até decidir inventar este blog. Ainda no início de 2017 eu só abria a internet em casa para usar o Google, o Yahoo e o Gmail.

Atualmente, participo de apenas uma rede social: o Facebook do Ludo e Vico. Não domino a nomenclatura da área, mas acho que o blog além de ser considerado mídia social poderia ser também uma rede social porque troco muitas ideias por aqui com os outros blogs, o que nem sempre ocorre nas redes sociais nem nas rodas de amigos e conhecidos!

Bom, feita a introdução e entregue o convite a quem quiser me acompanhar nas redes,  esse post é sobre algo que eu li hoje no Facebook e achei interessante comentar e adaptar: um artigo sobre inteligência emocional da autoria de Travis Bradberry, veiculado pelo Huffpost.

Tem gente que ainda acha inteligência emocional bobagem, como se o fato de ser bom aluno ou bom atleta ou talentoso para as artes por si só resolvesse a vida profissional e afetiva de qualquer pessoa.

Essas aptidões podem ser muito importantes, mas não prescindem da necessidade de conseguir perceber melhor a si mesmo e aos outros no mundo, de compreender os próprios sentimentos, os significados da comunicação verbal e não verbal, ou seja, de desenvolver a inteligência emocional.

Pensar que inteligência emocional é frescura é o mesmo que ignorar a cultura e os conflitos que fazem parte da vida em sociedade.

Travis Bradberry listou 18 ítens que ele considera importantes para a inteligência emocional. Eu selecionei apenas 4 que eu acho mais significativos e também mais raros e que gostaria de desenvolver nos meus filhos, em mim e em todas as pessoas que eu puder alcançar com esse post.

marcador de coração

  • Ter Curiosidade Sobre as Pessoas: Antes de sonhar visitar lugares remotos onde as pessoas aprendem a viver de outras formas, tenha curiosidade por aqueles que vivem perto de você, que trabalham com e/ou para você, por quem você passa na rua, pelos outros humanos que você vê diariamente há anos. Travis escreveu e eu assino embaixo: “A empatia é a porta de entrada da inteligência emocional elevada”.
  • Aceitar Mudanças: O medo da mudança é paralisante e ameaça a própria felicidade. Crie planos para as eventuais mudanças que possam ocorrer. A capacidade de se adaptar é da nossa natureza, apesar do sofá, do controle remoto e do celular conectado ao wifi.
  • Conheça Seus Pontos Fortes e Fracos: Uma vez a orientadora da escola, que era muito chata falou para minha turma – quando eu ainda era adolescente – que nós precisávamos conhecer nossas limitações. Ninguém gostou de ouvir isso. Era o discurso contrário ao da mídia e ao das famílias, que diziam aos filhos e filhas que se estudassem muito ou treinassem bastante poderiam ser o que quisessem. Hoje eu acredito que insistir no que não é o seu ponto forte por dinheiro, status, ou outra justificativa qualquer é falta de inteligência emocional. Conhecer suas limitações não é fraqueza. É saudável.
  • Não se ofender facilmente: “Se você tem segurança de quem é, dificilmente alguém dirá ou fará algo a ponto de pisar no seu calo. Pessoas emocionalmente inteligentes são autoconfiantes e tem mente aberta, o que cria uma grossa camada de proteção.”

gafanhoto.jpg

A lista com os 18 ítens para a inteligência emocional do Travis Bradberry (como apareceu no Facebook) está aqui.

Espero que tenham gostado do post:)

Até o próximo!

 

 

Anúncios

18 comentários sobre “A inteligência do Facebook

  1. Da lista completa, o que mais me chamou atenção foram os itens:

    -Apreciar o que já tem;
    -Não buscar a perfeição;
    -Neutralizar as pessoas tóxicas;
    -Não guardar rancor;
    -Saber dizer “não”.

    Preciso desenvolver IE. Preciso trabalhar esses 5 itens aí…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Os pontos em que eu me revejo:

    03. Aceito as mudanças
    08. Deixo os meus erros de lado
    09. Dou sem esperar nada em troca
    10. Não guardo rancor (mas não tenho memória curta)
    12. Não busco a perfeição (sou o que sou)
    13. Aprecio o que tenho (porque me custou a adquirir)
    16. Durmo o suficiente (8 a 10 horas)
    18. Não deixo ninguém limitar a minha alegria

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s