Mais Zen

floresta da janela

Meu pai adora me presentear com revistas que tenham assuntos que ele sabe que eu gosto. Semana passada ganhei um exemplar da “The Power of Mindfulness“, cheia de artigos interessantes e agradáveis de ler.

Fiz um apanhado de algumas estratégias para uma vida mais Zen, adicionei o tempero daqui de casa, ideias que praticamos e compartilho a seguir:

  • “Segure a porta para alguém” – Quando você estiver triste (ou não) tente oferecer pequenas gentilezas para as pessoas. Esses gestos de bondade reduzem o stress e melhoram o estado de espírito de quem pratica.

Aqui em casa cada um lava, seca e guarda a sua louça, mas quando decide fazer algo a mais para agradar (sem esperar recompensa) percebo que o “benfeitor” se sente melhor do que estava antes do gesto.

  • Agradeça quem praticou a gentileza – A resposta para a ação acima também é importante. Ao demonstrar gratidão pelo gesto, que pode ser nomeado (obrigado por ter secado os pratos…), valorizamos a relação que temos uns com os outros. Quanto mais valorizamos as pessoas dentro e fora de casa mais felizes e satisfeitas elas se sentem.

Parece óbvio, mas nem sempre se olha nos olhos de quem nos faz um favor ou presta um serviço ou se retribui o gesto com um sorriso junto com um agradecimento. Faz diferença!

  • Espalhe aromas de lavanda e laranja onde achar por bem para reduzir ansiedade e melhorar o humor. Segundo a revista, essa dica funciona até para a sala de espera do dentista! Essa ideia ainda não testamos…
  • Organize uma gaveta – Não precisa ser o dia todo de arrumação. Basta um pedacinho de bagunça resolvido para aumentar a satisfação consigo mesmo.
  • Masque chiclete – Confiram esse post escrito ontem pela querida Cristileine Leão. Ela acertou em cheio. O artigo da revista afirma que esse hábito diminui os níveis de ansiedade e aumenta o foco nas atividades.
  • Cante – Mesmo que não tenha afinação, sua cantoria aumenta a imunidade do corpo e reduz a ansiedade. “Quem canta os males espanta”.
  • Esfregue e massageie  o pescoço, as costas, os ombros e os pés. Se tiver alguém que faça esse carinho em você melhor ainda. Além do relaxamento, o humor e até a qualidade do sono são beneficiados.
  • Tenha alguma conexão com a natureza, diariamente, se possível.

Olhar para uma paisagem verde da janela produz bem estar. Eu sinto isso e agradeço diariamente.

Se puder, tenha uma planta fácil de manter e que seja adequada para sua casa ou apartamento.

Espero que algumas dessas sugestões (ou todas!) caibam no seu cotidiano e tragam bem estar e uma vida mais Zen.

Feliz Dia dos Professores, que merecem mais reconhecimento do governo e da sociedade e paz de espírito para realizarem seu trabalho da melhor forma possível!

Cristo Nublado

Anúncios

Infância Ideal

crianças jogando bola

Estudei na faculdade de pedagogia que a infância é uma fase da vida inventada na Idade Média, a partir do conceito de vergonha, segundo o historiador Ariés.

Antes da invenção da infância, não havia privacidade nas casas medievais e as crianças, junto com os adultos, compartilhavam todos os momentos, inclusive os que seriam considerados impróprios, atualmente.

O conceito moderno de infância se desenvolveu na Europa nos séculos XVII e XVIII.

De volta ao presente, hoje as crianças são senhores de seus mundos de games, redes sociais, pesquisas, vídeos, músicas, livros digitais, às vezes livros impressos, bonecos e brinquedos que se tornam moda e desaparecem em meses. São protegidos por lei de abusos físicos e morais, inclusive os praticados pelos seus cuidadores.

Na minha infância, as crianças brincavam mais usando a própria imaginação e objetos simples, mas também assistiam muita porcaria na televisão e não podiam escolher nem criar a própria programação. O bullying era legitimado nas escolas que não achavam nada demais na covardia praticada diariamente entre alunos.

Crianças não são anjos nem demônios. São seres humanos que precisam da ajuda de seres humanos mais velhos para aprenderem a se defender ao longo da vida.

Crianças não se tornarão indivíduos e não vivem no futuro. Elas já são indivíduos e vivem uma vida que deve ter significado no presente e não apenas nos projetos para daqui a tantos anos. Brincar, portanto, é muito importante. É o momento em que a criança vive o presente intensamente.

Ai que saudades eu sinto da almofada que se tornava um palácio, uma nave espacial, a casa das bonecas e que me hipnotizava por um tempo que eu nem calculava…

Feliz dia das Crianças!

crianças correndo

 

 

Mundo Quadrado

mundo quadrado

Cinco anos hoje! Já tem quantas namoradas?

(Frase do vendedor de água de coco na Lagoa, parabenizando um menino hoje à tarde)

Se fosse o aniversário de uma menina, ele faria a mesma pergunta?!

Além do machismo, o desnecessário incentivo ao namoro infantil…

O machista se masturbava no ônibus!

(Comentário no Facebook sobre o homem que ejaculava em mulheres em ônibus)

O infrator provavelmente tem problemas mentais que ultrapassam o discernimento do que se faz em um local público e que pode atingir terceiros.

Não consigo resumir os atos praticados por ele à conduta machista. Trata-se de algum tipo de doença mental. Não sou psiquiatra, mas sei que o comportamento dele difere do padrão, até mesmo dos machistas.

Se fosse uma mulher se masturbando no ônibus, ela seria considerada mentalmente equilibrada?!

Trabalhos em que há imposição de salto alto

Malefícios do salto alto durante horas todos os dias:

  • Desconforto e Dores
  • Varizes
  • Encurtamento de Músculos e Tendões
  • Prejuízo para Joelhos e Coluna

Já assisti a jornalistas se contorcendo em pé pelo desconforto do sapato diante dos telespectadores, observei recepcionistas de hotel tristes sem cadeira pra sentar atrás do balcão, em cima do salto há horas, vi advogadas estressadas correndo e se equilibrando nas alturas… Para quê?

Maquiagem para quem?

O Vico me perguntou outro dia porque as meninas se arrumam tanto para os meninos. Ele não acha que a maquiagem valoriza a beleza.

Eu, particularmente, não uso maquiagem porque é meu jeito, mas não critico quem gosta e se diverte fazendo desse hábito um momento de carinho pessoal.

Expliquei pra ele que as meninas também se divertem se arrumando e que nem sempre é pra algum menino.

Acredito que conversar e dar o exemplo do respeito e do amor é o melhor caminho para criar seres humanos.

A frase do vendedor de água de coco foi o que motivou o post de hoje.

coqueiro franz post

 

 

Quem convidamos para nossas vidas

Mad

Graças ao Netflix e às sugestões do Ludo, ontem e anteontem antes de dormir, eu e meu marido assistimos a dois filmes bem interessantes que me despertaram o mesmo sentimento de raiva em relação aos personagens centrais e à reflexão da importância do espaço que determinadas pessoas ocupam nas nossas vidas.

Os filmes foram:

500 Dias Com Ela

Um rapaz romântico e com muitas qualidades se encanta por uma garota que decide se envolver com ele, mas declara – logo no início – que não quer assumir um relacionamento. Só ele não percebe que sua musa não o admira e por isso o sofrimento será inevitável.

Por que alguém (homem ou mulher) insistiria em se relacionar com quem já declara de estalo que não quer um relacionamento?!

O melhor do filme, além da atuação do Joseph Gordon-Levitt, é a trilha sonora!

O Ludo acha que a menina não era malvada, só não gostava tanto do garoto; além do mais, não temos a versão dela da história.

Fome de Poder

Esse filme conta como a rede de fast food Mc Donald se expandiu a partir de um restaurante na California que revolucionou a forma como os americanos pedem a comida e a recebem imediatamente em pacotes para comerem sentados em qualquer lugar.

Esse restaurante na California foi idealizado por dois irmãos (os Mc Donald) que criaram um método para a cozinha funcionar numa velocidade superior a das outras lanchonetes da época. Eles também eram mais rigorosos no controle da qualidade do que serviam do que a maioria dos restaurantes do gênero,pelo que o filme dá a entender.

O azar desses irmãos foi conhecer o Sr Ray Kroc, um vendedor fracassado, metido a esperto, que conseguiu seduzir os Mc Donald a assinar um contrato de franquia no qual ele teria um percentual pequeno de participação nos lucros da futura rede.

O que seduziu os Mc Donald? A própria vaidade, nada mais. Eles não precisavam daquele sócio.

O Sr Kroc não apenas traiu os irmãos Mc Donald, roubando sua ideia revolucionária, ficando com todos os lucros e ampliando a rede como se fosse sua, como também sugou até a última gota de prosperidade dos irmãos.

Sinais

Antes de convidarmos um amor, um sócio, um amigo, seja quem for para nossa vida, assim como nos filmes, os sinais sempre aparecem.

É importante prestar atenção nos nossos sentidos e confiar no que ouvimos, vemos e sabemos mesmo que o desejo prefira que a realidade seja diferente…

Boa sexta feira e bom final de semana!

*A ilustração é de Don Martin, de um livro em quadrinhos da MAD, de 1962.

 

 

 

Moda: Uma história para crianças

moda livro

Esse lindo livro, de Katia Canton e Luciana Schiller, que eu ganhei da minha querida tia Francisca ensina bem mais do que a origem das peças de roupas.

Ele trata dos costumes e comportamentos em diversos lugares e épocas e leva as crianças e também os adultos a refletirem sobre a relatividade do que é considerado bonito, elegante e adequado na forma de se apresentar para o mundo, cobrindo e descobrindo o corpo.

Felizmente, estamos cada vez mais libertos para nos vestirmos, calçarmos e usarmos cabelos e adereços como desejarmos, desde que não ofendam terceiros e não nos façam mal.

Na Passarela da História

  • Na pré-história, as roupas eram as peles dos animais que haviam sido comidos! Até o final do século passado ainda era considerado chique usar casaco de pele nos países onde fazia frio. Movimentos ecológicos iniciados nos anos 1980, felizmente, conseguiram acabar com essa moda.
  • Adereços dourados, franja e olhos delineados com Kajal eram a tendência no Egito de Cleopatra, que segue sendo copiada em várias versões carnavalescas até hoje.
  • Em 800 a. C, sandálias e túnicas drapeadas e vaporosas eram as vestimentas preferidas dos gregos e gregas para desfilar seus corpos atléticos.
  • De pele de bicho, passando por tecidos leves as armaduras chegaram na Idade Média (aproximadamente de 1000 a 1600). Na Europa os homens vivam dentro destas pesadas vestimentas e as mulheres fechadas em longos vestidos que refletiam a austeridade da religião católica.
  • Séculos mais tarde, na era Barroca, séculos XVII e XVIII, quando a França era o centro da Europa, o Rei Sol ensinou os homens e as mulheres da corte a usarem perucas cacheadas, maquiagem com pó de arroz, ruge e pintas desenhadas no rosto. As roupas das damas e dos cavalheiros eram muitos ornamentadas. Ninguém questionava homem usar maquiagem. Era moda e ordem do Rei.

A beleza e os adereços em várias culturas:

índios

asiática

O livro explica a influência das Artes para a Moda

  • A bailarina norte americana Isadora Duncan revolucionou ao pregar a liberdade dançando com túnicas leves e soltas sobre o corpo nu no começo do século XX.
  • A chegada dos balés russos, com destaque para o bailarino Nijinski,  em Paris em 1909 renovou a moda. As cores deixaram de ser tons pastéis e passaram a ser vivas e berrantes.
  • Em 1917 Pablo Picasso fez os figurinos para o moderno balé Parade.
  • A pintora Sonia Delaunay assinou, em 1923, os cenários e figurinos da peça O Coração de Gás. “Sonia se inspirava nas luzes e no movimento da cidade (Paris) para criar suas formas coloridas, nas telas, nos espetáculos e também nas roupas”.

Sonia Delaunay

Além de tratar desses assuntos, o livro explica o que é alta costura e resume as biografias de Chanel; Christian Dior; Yves Saint Laurent; Jean Paul Gaultier e do brasileiro Dener.

Curiosidades sobre peças de roupa, como o Jeans; a Camiseta; a Minissaia; a Gravata; o Biquini; o Spencer; a Calça Culote e as Botas também fazem parte do livro.

YSL

Espero que você tenham gostado.

O que não pode faltar no seu guarda roupa?

Condessa de Ségur

As meninas exemplares

Quando eu tinha cerca de 8 anos meu pai me deu uns livros de capa dura no formato histórias em quadrinhos da escritora Condessa de Ségur e eu adorei! Li e reli várias vezes.

A avó do meu marido também contava as histórias da condessa pra ele quando ele era pequeno e essas leituras se tornaram memórias de risadas e afeto de noites especiais.

Décadas mais tarde li algumas histórias do livro texto para os meninos e eles também gostaram.

Quem foi a tal Condessa de Ségur que atravessou gerações aqui no Brasil?

Seu nome era Sofia. Ela nasceu em São Petersburgo em 1799 e se tornou uma conhecida escritora de literatura infanto-juvenil no século XIX na Europa, tendo se popularizado mais tarde mundo afora.

Sophie_de_Ségur

Por que os livros dela são clássicos da literatura infantil?

Porque a escritora russa conseguiu traduzir nas suas personagens infantis as maldades, a ingenuidade, as descobertas, as falhas e os acertos que tanto se apresentavam no comportamento das crianças do século XIX quando no das crianças de hoje em dia.

Os adultos também são descritos como idiotas, espertos, caridosos, egoístas entre outras nuances de caráter observadas pelo olhar dos pequenos.

Além das características bem trabalhadas das personagens, ela cria situações engraçadas, compara a vida no campo e na cidade, que era muito mais distante do que podemos imaginar atualmente, além de outras peculiaridades dos rituais da sociedade europeia da época em que ela viveu.

Para quem tiver interesse em procurar no sebo virtual, segue uma lista de alguns livros da condessa Sofia:

  • As meninas exemplares
  • Os desastres de Sofia
  • As Férias
  • Memórias de um burro
  • Os dois patetas

casa segúr

 

 

Conselhos no Aniversário do Ludo

conselho

Quem tem filho adolescente ou se lembra dessa fase da vida sabe que nem sempre é fácil o convívio em casa.

Hoje o Ludo está fazendo 15 anos e está de castigo, infelizmente.

Fiz uma poesia pra ele em forma de conselhos que começam com negativas, que ele precisa ouvir e aceitar.

Amo muito meu filho e amar também é educar e passar por momentos difíceis, aconselhar, dar bronca, tirar a internet etc.

Só não pode haver violência física ou moral, sob hipótese alguma dentro da família!

Amor, respeito e limites são fundamentais e educar dá um trabalho danado!

Não É

Não é porque você está mais velho que pode sair quando quer

Não é por convencer um que você vai comandar o mundo inteiro

Não é pelo seu cansaço que a vida pode andar em marcha ré

Não é porque o gosto é ruim que pode praguejar o cozinheiro

Não é o fato dos outros serem foscos que lhe trará o próprio brilho

Não é o seu erro que dirá quem você é

Não é procurando os culpados que sua vida entrará nos trilhos

Não é o castigo ou a bronca que pesa, mas o que se constrói com amor e fé

Não é feliz aquele que consegue tudo

Não é por você ouvir Não que eu não Te Ame e não deseje Feliz Aniversário Ludo